Menu Auxiliar

Início >> Acontece >> Vida e Carreira >> Fim de ano: é tempo de fazer um balanço da carreira

Text Resize

-A +A

Fim de ano: é tempo de fazer um balanço da carreira

ter, 20/12/2016 - 15:12 -- Anônimo (não verificado)

Fim de ano: é tempo de fazer um balanço da carreira

Vida e Carreira
20 Dezembro 2016

Por Maura Xerfan,
Coordenadora do Núcleo de Orientação à Carreira (NOC)

Quando o final do ano chega, invariavelmente fazemos um balanço do ano que passou, não é mesmo? De maneira geral, olhamos bastante para a nossa vida, qualidade das nossas relações, fazemos uma pequena retrospectiva. Mas alguma vez você já parou para fazer um balanço da carreira? Caso ainda não tenha realizado, te convido para fazer agora, junto comigo. Vamos começar com um olhar estratégico procurando responder essas perguntas:

Em relação ao que planejou como está sua carreira até agora?

  • Atingiu seu principal objetivo para o ano que passou?
  • Suas metas foram cumpridas? Precisou recalcular alguma?
  • Que % você atribui aos seus resultados em relação ao planejado? Dos 100%desejados, você atingiu quantos pontos percentuais?

Avaliar nosso desempenho é um costume de final de ano que nos ajuda na renovação e no estabelecimento de novas metas, e adaptar esse hábito para sua carreira pode ser muito bom para seu desempenho profissional. Aproveite o final de ano para avaliar a sua vida profissional, as mudanças e realizações que ocorreram e renove seus objetivos e metas para 2017. Não faça promessas, faça planos. Eles são mais eficazes.

Fazer essa reflexão poderá ajudar o profissional a fazer um balanço de como está o seu momento atual de carreira, e como o mesmo está alinhado com os objetivos e metas estabelecidos. Essa reflexão também pode comprovar se o profissional está no caminho certo para atingir o que almeja a médio e longo prazo.

Responder as preguntas iniciais sugeridas é um grande passo, mas há mais três etapas mais operacionais que podem lhe ajudar nessa tarefa, veja a seguir:

1 – Honestidade e transparência:
Aqui, qualquer exagero para mais ou para menos estará “enganando a você mesmo”, portanto, procure ser o mais honesto possível consigo mesmo.

  • Ao terminar esse ano, eu vejo minha carreira: igual, melhor ou pior ao ano que passou?
  • Que pontos fortes eu desenvolvi na minha vida profissional ao longo desse ano?
  • Fiz algum novo investimento em minha vida profissional?
  • Consegui fazer reserva financeira para investir em uma capacitação, atualização ou certificação ao longo do ano?
  • Que limitações novas apareceram em minha carreira? Quais as antigas que superei?
  • Ampliei minha rede de contatos profissionais?  Há algum que eu precise cuidar mais no próximo ano?

2 – Ativos e Passivos profissionais 
Realizações | Frustações

3 – Métricas Profissionais
Para saber se algo estagnou, decaiu ou cresceu, precisamos usar medidas de avaliação e controle. As métricas estão intrinsicamente ligadas aos objetivos, mas vou sugerir algumas medidas bem usuais para avaliação profissional

  • Grau de Satisfação
  • Média Salarial
  • Segurança e estabilidade
  • Cargos e Promoções (Possibilidade de Crescimento)
  • Feedback dos gestores e equipe
  • Comprometimento e Pertencimento em relação à empresa

Feito esse balanço, com certeza, você poderá estruturar melhor seu plano de carreira para 2017 e fazer dele um ano mais próspero, cheio de realizações e mais feliz.  

 

0 Comentário(s)

Comentar