Uma análise dos novos caminhos da educação | UniCarioca | Centro Universitário Carioca

Vestibular 2020

Dê o próximo passo
na sua vida!

Quero me inscrever

Receba + info

Ver mais
Nós te ligamos

Acontece
Notícias

Artigos

Uma análise dos novos caminhos da educação

11/12/18

A educação tem que mudar. Este é o fio condutor da palestra que o consultor israelense Yaron Edel proferiu no último sábado, dia 08, aos alunos do mestrado em Novas Tecnologias Digitais na Educação da UniCarioca. Em um auditório cheio, com aproximadamente 150 pessoas, o ex-diretor do Israel Innovation Institute fez uma análise sobre temas ligados à inovação no ensino, assuntos contemporâneos da área, como disrupção e oportunidades na educação brasileira e internacional. Edel acredita que dar oportunidade aos futuros profissionais de competir no mercado de trabalho é a missão do ensino superior no mundo atual.

O consultor em educação alertou para o fato de que no mundo inteiro os alunos estão simplesmente abandonando a educação tradicional. Segundo ele, o ponto central para virar este jogo é criar valor para o estudante. “Se a sala de aula fosse realmente valiosa, ele não ia querer sair. Atualmente, os alunos não aprendem a matéria, eles memorizam para passar na prova. Eles não querem o aprendizado, e, sim, o certificado”, afirma.

Para tornar o “produto” educação mais adequado, Edel aposta em três tendências: personalização do estudo, um novo papel do educador e tomada de decisões pedagógicas baseadas em dados. Ou seja, o aprendizado estaria focado na curiosidade do aluno. É ele quem vai buscar o aprendizado, cabendo ao professor criar processos que viabilizem essa metodologia. Para entender mais profundamente o processo de aprendizagem, é preciso monitorar ao longo do tempo alguns dados mais complexos, como: o turno no qual o aluno rende mais no estudo; e como reagem a diferentes culturas e os comportamentos sociais.

Para Yaron Edel, a conexão entre educação e tecnologia é essencial para essa mudança de educação para aprendizagem. Com isso, o especialista apresentou algumas iniciativas. São elas:

SpeakingPal – plataforma online com quatro milhões de usuários. O aplicativo funciona como um professor de inglês especializado em conversação.

Annoto - aprendizado social em vídeo. Ferramenta interessante para melhorar o aprendizado e o ensino. Alto engajamento do aluno e interação.

For Class - uma solução criada para professores com o objetivo de aumentar o engajamento dos alunos. 

Sense – plataforma que cria diferentes padrões de respostas, auxiliando educadores a darem feedback sobre os trabalhos dos alunos.

Eureka World - ambiente de gamificação baseado em uma plataforma aberta (Open world), com o objetivo de criar cenários diferentes para a aprendizagem.

Jolt – construção de uma rede de espaços de aprendizagem inovadora na qual profissionais aprendem juntos com instrutores de todo o mundo.

A existência dessas ferramentas mostra que há mais de um futuro possível para o aluno. E é por meio da inovação que será possível construí-lo. “Aceite o erro como uma condição de criação de uma cultura de inovação, implemente muitas coisas e organize-se em comunidades e trabalhe para construir histórias de sucesso”, orienta Edel, que complementa: “Não demonstrar medo de falhar é fundamental. Se você mostrar as suas fragilidades, isso é bom! Fraqueza é força,” finaliza.